Um dos vencedores do K-pop Star 6 pulou fora da YG… 1 mês depois de assinar o contrato

Daí que eu já estava contando com a pataquada semanal da YG para encher ainda mais o blog de pauta, né? Mas então, acabou que teve mesmo a pataquada semanal da YG! Saiu no allkpop:

Essa seria só mais uma notícia de término contrato comum, SE NÃO FOSSE o fato de Park Hyun Jin (É um desses pirralhos da foto, o desafio é saber qual) ter assinado com a empresa HÁ UM MÊS. Seria esse um recorde do contrato com menor duração envolvendo um K-pop Star? Porque olha, tá aí um recorde mais relevante que os recordes de views do BLACKPINK hein (Só é legal quando é TWICE e BTS pois rende barraco de fanbase, BLACKPINK nem a YG tá ligando muito).

A YG disse que decidiu respeitar a decisão dele, mesmo que ele seja apenas um jovem garoto da 6ª série (Que moral), mas não deu justificativas maiores quanto a esse fim precoce. Se fosse para chutar, eu diria que ele viu que todos os vencedores do K-pop Star se tornaram troços indie com passe no Sketchbook (Tirando a vencedora do K-pop Star 5, que assinou com a Antenna Music e nunca mais se teve notícia), e honestamente, uma criança de 11 anos quer jogar bola e se divertir na vida e não bancar o conceitual cult né. Ainda mais na YG, onde você lança um álbum e a qualquer momento pode ficar uns anos no porão e ser empurrado para a subsidiária do Tablo pois o Yang não está mais afim de você. Acho que ele tomou a decisão certa.

E de quebra isso meio que ACABOU com a dupla, já que o outro pirralho continua com seu contrato assinadinho com a YG, que vai se tornando craque em acabar com duplas visto que, antes, já tinha dado um fim no 1PUNCH oferecendo o contrato dos sonhos para o One e deixando o Samuel se humilhar (E mesmo assim perder) no Produce 101 (Ainda bem que no AKMU o espírito familiar tá falando mais alto). Agora, o futuro desse é ficar uns 4 anos na geladeira da YG e mais uns 3 anos em uns reality shows para formar um novo boygroup em 2026. Que vidão, hein.